INSPIRADOS NA ARTE E NA ARQUITETURA BRASILEIRA

A beleza das formas retas e orgânicas, dos arcos e dos ângulos são os grandes protagonistas dos revestimentos da coleção Arte Moderna desenvolvida pela Mosarte. Os desenhos homenageiam a arquitetura e a arte moderna brasileira, transcendendo o conceito decorativo e o elevando a um patamar mais sofisticado que convida à contemplação.
Resultado de ampla pesquisa e estudo sobre o portifólio da arte e arquitetura moderna brasileira, o design dos produtos foram inspirados nas obras de Oscar Niemeyer, Nauro Jorge Esteves, Lúcio Costa, Cândido Portinari e Athos Bulcão. Além de outros artistas e arquitetos que participaram do importante movimento modernista iniciado na década de 30 e que se estende aos anos 50 com o início da construção de Brasília.
Foram criadas seis padronagens de mosaicos exclusivos para paredes e um modelo para pisos e paredes. A coleção Arte Moderna apresenta ainda variedade de cores e totaliza dezenove opções de produtos ao todo, permitindo sua aplicação em diferentes formas.

Revestimentos:

Niterói: Feito com a tecnologia de corte em jato d´água, o Niterói é um revestimento inspirado na arquitetura do Museu de Arte Contemporânea (MAC) de Niterói. Formado por módulos quadrados e arcos desencontrados, o relevo fica ainda mais evidente devido às alturas diferentes de sua superfície permitindo compor diferentes paginações. Está disponível em mármore crema marfil (crema) e bianco piguês (bianco) e em madeira certificada pelo Ibama (legno). A versão Niterói Crema pode ser usada em paredes internas e externas. Já as opções em bianco piguês e madeira, somente para paredes de áreas internas.

Pampulha: Feito com a tecnologia de corte em jato d´água, as formas orgânicas de Niemeyer e a pintura exuberante de Portinari foram as grandes fontes de inspiração que originaram o mosaico Pampulha. Repleto de arcos que provocam movimento e se encontram de forma contínua e elegante, sua superfície tridimensional apresenta relevos angulados. Exclusivo para paredes nas cores bege (em limestone europeu, para paredes internas e externas), Nero ( em Nero Marquina absoluto, para paredes internas) e Piguês (em Bianco Piguês para paredes internas).

Itamaraty: Feito com a tecnologia de corte em jato d´água, os arcos do Palácio do Itamaraty – obra do arquiteto Oscar Niemeyer – inspiraram a criação deste revestimento, que é uma versão sem relevo e com fuga do Mosaico Pampulha, nas cores Bege e Piguês. Pode ser usado em paredes e pisos em contato com a água, em áreas internas ou externas.

Alvorada: Feito com a tecnologia de corte em jato d´água, o design deste revestimento revela as formas orgânicas dos pilares do Palácio da Alvorada, em Brasília, projetado por Oscar Niemeyer. É uma composição de formas sincronizadas e harmônicas com curvas que ficam ainda mais evidentes com o relevo regular de sua superfície. O Alvorada é feito em mármore nas cores mix bege (travertino clássico e crema), piguês (bianco piguês), nero (nero marquina absoluto) e em madeira certificada pelo Ibama, na cor Legno. O Alvorada Nero, Piguês e Legno são exclusivos para paredes internas, enquanto o Alvorada Mix Bege pode ser usado em paredes externas também.

Buriti: O design deste revestimento é uma referência ao Palácio Buriti, projetado pelo arquiteto Nauro Jorge Esteves. Apresenta desenhos geométricos que se destacam ainda mais devido aos seus relevos inclinados na superfície. É produzido em mármore bianco thassos, crema marfil e nero marquina. O Buriti Crema pode ser usado em paredes internas e externas. Já o Buriti Nero e Thassos somente em paredes internas.

Metrópole: Com design moderno e contemporâneo, o revestimento Metrópole é composto por barras de várias dimensões, onde o relevo é ainda mais evidente pela diferença marcante de espessura. Remete à volumetria das grandes cidades e seus edifícios, com as características linhas retas do traçado urbano, levando ao ambiente sofisticação e bem-estar. Está disponível em mármore bianco thassos e em madeira certificada pelo Ibama. Indicado para ambientes secos e internos, com uso exclusivo para paredes.

Capanema: Feito com a tecnologia de corte em jato d´água, este revestimento foi criado para homenagear o arquiteto Lúcio Costa que projetou o edifício Capanema no Rio de Janeiro. Pequenas formas trapezoidais montadas simetricamente formam um relevo que simula uma superfície rítmica e tramada, inspirada na fachada principal deste edifício. Feito em mármore na cor crema para revestir paredes externas e internas e bianco thassos para revestir paredes internas.

Jato d’água: Essa tecnologia permite o corte de inúmeros e diferentes tipos de desenhos em diversos materiais como madeira, mármore, porcelanato, metal e vidro. Os desenhos são inseridos em um software ligado à máquina que faz o corte por meio de um finíssimo jato d’água com um abrasivo, cortando em alta pressão (3.000 kgf por m2). Daí a origem do seu nome. É uma tecnologia de grande importância, pois permite a possibilidade de criação e inovação no mercado.

Camila Lamberti

Designer e Gerente de produtos, Camila Lamberti atua em uma empresa de grande porte do setor cerâmico nos estados de São Paulo e Bahia e tem como foco a pesquisa de tendências e conceitos que conquistem os consumidores. Com isso, Camila está sempre um passo a frente em relação às novidades do mercado de produtos para arquitetura, decoração, design e acabamentos.

Você pode gostar...