TILE Brasil promove a cerâmica na arquitetura brasileira

  • SLIDES PREMIACAO2014-A-1
  • SLIDES PREMIACAO2014-A-2
  • SLIDES PREMIACAO2014-A-4
  • SLIDES PREMIACAO2014-A-6
  • SLIDES PREMIACAO2014-A-8
  • SLIDES PREMIACAO2014-A-10
  • SLIDES PREMIACAO2014-A-12
  • SLIDES PREMIACAO2014-A-14
  • SLIDES PREMIACAO2014-A-16
  • SLIDES PREMIACAO2014-A-18
  • SLIDES PREMIACAO2014-A-20

O 6º Encontro Internacional TILE Brasil aconteceu no dia 6 de novembro, no Museu da Imagem e do Som, MIS, em São Paulo, foi sucesso absoluto. O evento reuniu profissionais da arquitetura e construção civil em um Seminário realizado pelos palestrantes Edna Fontana, gerente de produtos da Cerâmica Lanzi e Simone Ricci, relações internacionais da Cersaie, maior e mais tradicional feira de cerâmica do mundo, realizada na Itália. A cerimônia do Prêmio Internacional TILE Brasil, homenageou os dez melhores projetos com cerâmica do ano, divididos em três categorias. Os arquitetos e designers de interiores homenageados receberam dos patrocinadores Cerâmica Atlas, Eliane Revestimentos Cerâmica, Gail e Weber Quartzolit um troféu como símbolo do reconhecimento pelos trabalhos inspiradores, criativos e com ótimo uso da cerâmica. Em setembro, os premiados tiveram seus projetos amplamente divulgados na própria feira Cersaie, em Bolonha, Itália.

Mercado brasileiro

Edna Fontana, gerente de produtos da Cerâmica Lanzi visita as maiores feiras do setor de revestimentos e arquitetura desde 1999 e apresentou no Seminário “Tendências em revestimentos cerâmicos para 2015: Uma visão da Cersaie” tudo o que conheceu durante a visitação na última edição da feira, realizada no final de setembro. A profissional conceituou os principais tipos de produtos, dividindo-os em categorias que vão do cimento às peças que reproduzem madeiras, e apresentou características do mercado nacional: “Aqui no Brasil, todos os tipos de porcelanato polido que reproduzem madeiras estão em alta. As peças lapadas, que possuem relevo polido e base em mate, ainda não conquistaram o mercado e, inclusive, nenhuma fábrica nacional possui uma linha de produção voltada apenas a essa tipologia. Nossa aposta também continua voltada à reprodução de cimento, patchwork e grafismos”. Edna comentou ainda sobre as cores da temporada, com ênfase para a paleta que leva tons de cobre e terracota.

A tradição do conceito italiano

O palestrante Simone Ricci, que cuida das relações internacionais da Cersaie, além de articulista nas edições da Confindustria Ceramica, apresentou os números do setor cerâmico na Itália, em especial, a indústria de revestimentos cerâmicos, onde conceituou a fabricação italiana e sua participação mundial. “Em 30 anos, a produção de revestimentos cerâmicos no mundo, aumentou 16 vezes, muito mais do que qualquer outro material feito para revestir. Esse salto na produção, consequentemente, trouxe diversos de concorrentes e despolarizou a concentração no continente europeu. Hoje já não somos os maiores fabricantes em metragem, entretanto, nossos produtos possuem maior valor agregado, pois apostamos na constante modernização dos parques fabris, além da questão estética, onde somos engajados em pesquisas de design e tendências”, completou. Atualmente, a Itália, com destaque especial ao distrito de Suassolo, possui cerca de 160 indústrias de revestimentos cerâmicos e a produção gira em torno de 360 milhões de metros quadrados, sendo 80% exportado principalmente para França, Alemanha e Estados Unidos. Em 1980 a Itália produzia 41% do total mundial, em 2013 sua produção representou apenas 5% do total, com o crescimento de vários outros países, em especial a China. Em valores, a Itália é o primeiro player mundial com 15 a 20% do mercado mundial. Na sequência, o palestrante apresentou em tipologias diferenciadas o que há as fábricas italianas apresentaram de novo durante a Cersaie, bem como conceitos de decoração que permanecem ano após ano. Os participantes aproveitaram a presença de Simone que esclareceu com maestria o estado da arte da cerâmica italiana.

Antonio Caramelo questionou o quanto a Itália vende em conceito e o quanto vende em produto. Foi uma saia justa, que Ricci contornou muito bem mostrando a valorização através da construção da marca ‘Ceramics of Italy’, que faz com que o produto italiano seja o primeiro em valor mundial.

Intervenção artística

O Publisher de TILE Brasil, logo após a primeira apresentação do Seminário, lançou um desafio aos arquitetos, decoradores, construtores e ceramistas presentes ao trazer o artista plástico Manoel Britto, que tem obras belíssimas inspiradas no folclore e natureza brasileira. Ele trouxe uma tela de 1,5 metro de altura por 3 metros de comprimento: “Salve Selva” e um conjunto de dois quadros “Os Gênios” com uma proposta intrigante de que somos todos gênios, cada um em sua garrafa. Às vezes saímos delas, realizamos nossos sonhos, às vezes não. O desafio lançado pelo publisher foi de que a exemplo dos murais de Portinari e Rivera deveríamos fazer murais em mosaicos ou placas cerâmicas de artistas brasileiros. Ainda mais num momento em que a tecnologia digital está disponível para viabilizar esses projetos. O artista foi bastante aplaudido em sua intervenção.

Premiação Projetos com Cerâmica

O Prêmio Internacional TILE Brasil 2014, foi realizado em três categorias – Fachadas, Comercial e Residencial – para os dez melhores projetos com cerâmica do ano, tendo como grande vencedor o arquiteto Antonio Caramelo Vasques, 1º lugar na categoria Fachadas com o projeto Orizon View Houses. O segundo lugar da categoria ficou para Haas & Jesus, representados na ocasião pela arquiteta Clarissa Castilhos, e o empate do terceiro lugar entre André Petracco e Torres & Bello. Na categoria residencial, o 1º lugar ficou com Maria Aparecida Ruggieri e o projeto Casa da Baleia. Selma Tammaro e o projeto refúgio Praiano receberam a segunda colocação da categoria. O terceiro lugar ficou com o projeto Tendence da arquiteta e designer de interiores Patrícia Kolanian Pasquini. Na categoria comercial, Ricardo Rossi e o Estúdio Gourmet receberam a melhor classificação, alcançando o primeiro lugar. O segundo lugar ficou com o projeto Lounge de Entrada dos arquitetos Costa e Marques. No terceiro lugar da categoria ficou Daniel Kalil e seu projeto Loja Casa Cor.

Na ocasião, Antonio Caramelo Vasques destacou a importância do trabalho feito pela TILE Brasil, em especial a postura do Publisher da revista: “É fundamental o apoio dos patrocinadores, pois nada se faz sem dinheiro. Mas quero destacar o papel do Lazzaro Menasce que contribui de forma generosa para o nosso setor. Costumo dizer que existem dois tipos de gênio, o que se volta para si e se enrola feito caracol e o que se doa aos outros. Lazzaro está nessa segunda categoria”. Essa a importância da premiação: ressaltar o valor dos bons projetos que dão vida aos revestimentos cerâmicos. Os presentes saíram todos energizados desse Encontro e prontos para participar do próximo em novembro de 2015.

Camila Lamberti

Designer e Gerente de produtos, Camila Lamberti atua em uma empresa de grande porte do setor cerâmico nos estados de São Paulo e Bahia e tem como foco a pesquisa de tendências e conceitos que conquistem os consumidores. Com isso, Camila está sempre um passo a frente em relação às novidades do mercado de produtos para arquitetura, decoração, design e acabamentos.

Você pode gostar...